Estrutura

Uma doação sanguínea movimenta vários setores do Banco de Sangue de Sertãozinho. Conheça um pouco sobre os serviços desenvolvidos em cada um deles:

Setor de Coleta

Recepção, cadastro, triagem hematológica, triagem clínica e coleta do sangue do doador.

Setor de Fracionamento

Processamento do sangue coletado e fracionamento dos hemocomponentes (concentrado de hemácias, plasma fresco, plaquetas e crioprecipitado).

Setor de Sorologia

Realização de exames sorológicos nas amostras de sangue dos doadores.

Laboratório de Imuno-hematologia de Doador

Estuda e classifica os grupos sanguíneos através de reações imunológicas entre antígenos e anticorpos.

Setor de Estoque e Distribuição

Estocagem do sangue processado e liberado para uso nas agências transfusionais e outros hospitais.

Setor de Controle de Qualidade

Avalia e controla a qualidade de todo o sangue processado.

Setor de Expurgo e Esterilização

Descarte do sangue não utilizado e esterilização de materiais.
Na qualidade de Agência Transfusional, o Banco de Sangue ainda compreende mais dois departamentos:

Laboratório de Imuno-hematologia de Pacientes

Estudo e classificação dos antígenos presentes nas hemácias do receptor, e realização de provas de compatibilidade entre o doador e o receptor do sangue, nas quais se verifica se o sangue pode ou não ser transfundido em determinado paciente.

Setor de Transfusão

Acompanhamento das transfusões e condutas nas reações transfusionais.

As Agências Transfusionais funcionam em regime de 24 horas por dia, sete dias por semana, nos 365 dias do ano, de forma ininterrupta, atendendo a todos os pacientes que dão entrada nas instituições, independentemente do seu convênio de saúde, seja SUS ou particular.

O Banco de Sangue de Sertãozinho também conta com uma equipe formada por biomédicos que se revezam em escala, técnicos de enfermagem, farmacêuticos-bioquímicos e médicos responsáveis.