Banco de Sangue de Sertãozinho está entre os 16 serviços de hemoterapia do Estado que possuem o selo de acreditação da ONA

O município de Sertãozinho sempre foi referência na área da saúde e, agora, a cidade também pode se orgulhar por ser referência em serviços de hematologia e hemoterapia. Isso porque, recentemente, o Banco de Sangue de Sertãozinho passou por nova avaliação da Organização Nacional de Acreditação (ONA), que resultou na manutenção do Selo de Acreditado Pleno – Nível 2.

Banco de Sangue de Sertãozinho está entre os 16 serviços de hemoterapia do Estado que possuem o selo de acreditação da ONA
Foto: Divulgação

De acordo com a coordenadora técnica do Banco de Sangue, Nathália Maia Vanzella Trevisan Mendes, obter uma acreditação da ONA é atestar a qualidade dos processos de uma instituição. “Trata-se de validar, através de um sistema de avaliação de padrões e requisitos rigorosos previamente definidos, que a instituição possui qualidade nos processos e na gestão, e ainda garante a segurança da assistência no setor de saúde”, explica.

O Banco de Sangue foi acreditado pela primeira vez em outubro de 2019, já com o Nível 2 – Acreditado Pleno; na ocasião, foi o primeiro prestador de serviço na área da saúde a receber a acreditação da ONA dentro do município de Sertãozinho.

Hoje, a instituição figura entre o seleto grupo de apenas 16 empresas de hematologia e hemoterapia do Estado de São Paulo, que são acreditadas pela ONA. “A ONA busca avaliar a organização da instituição na sua totalidade, como aspectos estruturais, gestão dos recursos, qualidade na execução dos processos e segurança na assistência. Possuir este selo de Acreditado Pleno é coroar um serviço que vem sendo ampliado e modernizado constantemente, sem perder em qualidade e humanização com seus doadores e pacientes”, avalia a diretora do Banco de Sangue de Sertãozinho, Drª Rita de Cássia Lopes Pacca.

Sobre a ONA

A Organização Nacional de Acreditação (ONA) é responsável pelo desenvolvimento e gestão dos padrões brasileiros de qualidade e segurança em saúde. Além de referência nacional, os padrões ONA são reconhecidos internacionalmente em países como Estados Unidos, Reino Unido, França e Canadá como membro da Internacional Society for Quality in Health Care (ISQua).

A metodologia nacional da ONA é a mais utilizada em todo o território nacional. Ela prevê a evolução institucional nos requisitos de qualidade, uma vez que o processo de certificação abrange três níveis: acreditado, acreditado pleno e acreditado com excelência.

Adicionar Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Eu aceito a Política de Privacidade